terça-feira, 25 de agosto de 2015

Ode à batata

Esse post é dedicado pro grupo/estilo de vida que curte se jogar batata.

Sempre me falaram que eu deveria ser grata às pequenas coisas que a vida me oferece. Penso que isso até seja verdade, em partes, porque as coisas que gosto de fazer e que me deixam bem são geralmente muito simples. Eu não preciso de muito pra ficar feliz. Além disso, a vida "normal" parece muito melhor depois que colocamos em parâmetro com algo ruim pelo qual passamos, né? É feio, é péssimo, mas somos assim mesmo. 

Ainda assim, eu acredito em pequenas coisas. E eu acredito em grandes coisas também. Por exemplo, eu acredito no poder da batata. Feito religião ou um ideal: in batata we trust. 

Pesquisando descobri que batatas são tubérculos. Mas quem se importa com isso? Ninguém. A gente só se importa com batata. 

Eu amo muitas coisas, mas em especial amo batatas. 



Não existe batata ruim. Batata e amor são coisas que a gente tem que aceitar como são, e elas são aceitáveis em todas as formas

Batata frita, batata assada, batatinha chips. Salada de batata, maionese de batata, pão de batata, purê de batata. Batata, né, gente? Que coisa maravilhosa é batata. 

Na viagem do fim do ano eu comi fish and chips porque não dá pra ir pra Londres e não comer fish and chips. As batatinhas eram tão boas que um dos momentos marcantes da Winter Wonderland foi eu e minha amiga embuchadas de tanto enfiar batata na boca. Dias mais tarde, em Amsterdam, compramos um cone de batata frita que parecia não acabar nunca. Eu tava com tanta fome, mas tanta fome, e matei toda ela comendo batata. Só batata.

As melhores partes das minhas saídas pra baladinha no último mês definitivamente foram as partes em que eu pus minhas mãos num cone de batatinha que leva tempo demais pra ficar pronto, mas que quando chega é o nirvana na terra.

Na última vez que eu saí, um omi desgraçado enfiou a mãozona no meu cone de batata e ME ROUBOU!!!!!!!!!! ROUBOU MINHAS BATATAS!!!!!!! E AINDA ME CHAMOU DE OTÁRIA!!!!!!!! Diabo. Não desejo nada de ruim pra ele além de que o cu dele pegue fogo. Mexe comigo, me xinga, só não mexe cas minhas batatas. 

Quando eu tô malzona, tudo o que eu quero fazer é sentar, respirar, e comer uma batatinha frita com cervejinha. E aí tá mais uma coisa incrível sobre as batatas: elas combinam com muitas coisas, especialmente com cerveja. E se existe combinação melhor que batata e cerveja, eu vou precisar nascer de novo pra conhecer.

Diferente das milhares de coisas maravilhosas que as pessoas não curtem, batata é algo que é impossível não curtir. 

Acredito veemente que não existe algo tão ruim que a batata não consiga aliviar. E se ela não consegue é porque você não comeu o suficiente. 

Não me dê amor (mentira, me dê sim), me dê batata (que é basicamente a mesma coisa).

BEDA (blog everyday in august) #25

9 comentários

  1. Post perfeito! Batata é a coisa mais maravilhosa da vida! É muito amor em forma de comida, e tudo que tem batata é bom. Ótimo. M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!

    ResponderExcluir
  2. Ana, obrigada! Obrigada por definir tão bem o quão simples a batata é mas quanta diferença faz em nossa vida <3
    Batatinha frita com cervejinha é tudo de bom!!!!!111
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Ana, me dá um abraço aqui e vamos juntas a joelhar no chão para louvar a Deus pela existência da batata? Sempre fico besta com os seres humanos maravilhosos que um dia tiveram a ideia de pegar uma batata e fritar. Ou colocar na salada maionese. Ou assar. Ou cozinhar. Ou Ou Ou, BATATA É INCRÍVEL, É MARAVILHOSA DE QUALQUER JEITO, AFFFFFF.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. AMO/ SOU esse post! ♥

    Me dá a mão e vamos correr por uma estrada de batatas amarelas, YAY. HAHA, sério, acho que não tem comida melhor na vida do que batata. Elas vão bem com tudo, elas são ótimas sozinhas. Fritas, assadas, cozidas. PO-TA-TOES, como diria Sam em O Senhor dos Anéis. ♥♥♥

    ResponderExcluir
  5. #SomosTodosBatata, pfvr. Melhor comida porque dá pra fazer de todos os jeitos e fica gostosa. Batata frita <3 Purê <3 Batata recheada <3 Pão de batata <3 Obrigada por escrever esse post, Ana. Sério. Me sinto acolhida. ahahaha

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Menina, esses dias li um artigo muito bom falando que a batata é um dos alimentos mais revolucionários que existe, e que ela ~tá por trás~ de grandes acontecimentos da humanidade, tipo a primeira guerra mundial, a revolução industrial e altas coisas. Isso porque ela é rica em quase todos os nutrientes importantes e vitais, e em época de fome e escassez de alimento, dá pra sobreviver tranquilamente à base de batatas. O artigo falava que a revolução industrial só foi possível na Inglaterra porque tinha batata pra alimentar os trabalhadores e como o cultivo era simples, precisava de menos gente no campo, o que significava mais operários. OLHA ISSO QUE MÁGICO <3333

    Batata, esse grande life changer. Também amo muito em todas as formas, crua, cozida, frita, assada, e principalmente em forma de purê <333333
    me senti totalmente contemplada por esse post!
    beijos

    ResponderExcluir
  7. B A T A T A ♥ essa palavra mágica foi gíria pra coisa que era certa por um motivo, né: PORQUE É CERTA, É AMOR, É TERNURA, É TUDIBOM E UM POUQUINHO MAIS.

    Tu viu lá no meu post sobre comida o quanto eu amo batata, né? Pois então. Não tem jeito. Batata é amor verdadeiro, é raio, estrela e luar. ♪ hahahaha

    Já salvei o gif, é claro.

    Beijo ;*

    ResponderExcluir
  8. falou e disse, sem mais. Batata tem um lugar no meu coração que é só dela <3 ô coisa boa!

    ResponderExcluir
  9. Agora eu vim pra falar de batata.
    Ontem li e não sei porque não comentei.

    "Não existe batata ruim. Batata e amor são coisas que a gente tem que aceitar como são,
    e elas são aceitáveis em todas as formas" ♥

    "Não desejo nada de ruim pra ele além de que o cu dele pegue fogo"
    CARA, ELE ROUBOU AS BATATAS.

    Sou muito alucinada com batata (aliás, com comida, mas tá).
    Tudo que Gabriel vai cozinhar, eu: "Mô, põe batata?" "Mas é com batata?" "É COM BATATAAAAA?" ♥_♥
    Todas as formas de batata eu amo: nhoque, frita, cozida, ensopada, purê, assada.
    Tenho gastrite e acredite, a ÚNICA coisa que alivia uma crise, é batata cozida delícia.
    Aqui tem um pub que cê vai, paga um valor fixo e morre de comer BATATA EM RODÍZIO PRA SEMPRE.
    É muita batata, de todos os tipos. E lá tem Imagem & Ação, é o melhor lugar do mundo.

    Gosto ainda mais de você depois deste post. hiihihihihihihihi

    ResponderExcluir

© OH SO FANGIRL
Maira Gall