terça-feira, 11 de agosto de 2015

1. A moça mais bonita da cidade

Esse post é inspirado no blog 1001 pessoas

Certo dia, enquanto esperava o buzão da universidade na parada de ônibus e me ocupava mentalmente em xingar um dos professores que daria aula pra mim um tempo depois, avistei uma moça. E antes de mais nada, não me leve a mal, nem me julgue muito, mas se existe algo que não consigo lidar é com gente linda. Eu não sei disfarçar muito bem, eu encaro mesmo. Vejo alguém que acho lindo e fico observando a pessoa, tento desviar a atenção e quando vejo tô com os olhos naquele ser humano de novo. Pouco me importa se a pessoa é ruim (quando a gente conhece alguém lindo mas que é ruim a pessoa fica automaticamente feia, né?), porque eu não conheço ela, nunca vou falar com ela, e se algum dia eu pudesse falar com ela tudo o que eu diria é "batata".

Mas então estava lá, eu, na parada, eis que avisto a guria mais bonita que eu já vi, em carne e osso, nessa cidade. Ela me lembrou a Emily Didonato, só que em torno dos vinte anos, mais guria do que mulherão, com a pele super branquinha, os olhos mais azuis que já vi e um corpo que eu queria pra mim. Sem ambiguidades. Não senti inveja, só admiração, e pensei, naquele dia, que a vida não era muito justa, porque uns tem tanto e outros tão pouco. De qualquer forma, entrei no ônibus depois e deixei o momento ir, porque, né, a vida tem que seguir e eu ainda tinha aula ruim pela frente.


Eis que, semana passada, num dia calor demais pro mês de agosto, eu encontro ela, de novo e novamente, só que dessa vez dentro de um ônibus, não esperando por ele. Pra minha pouca sorte, o ônibus estava lotado e não dava pra se mexer, nem mudar de lugar, e eu não conseguia parar de encarar o delineado perfeito que ela tinha feito naquele olho maravilhoso. E gente, ela usava jeans e tênis de academia e eu nunca vi alguém combinar jeans e tênis de academia tão bem quanto ela. Concluo eu que a vida é mesmo injusta.

Se eu pudesse mostrar esse texto pra ela, eu só gostaria que ela lesse o último parágrafo, porque: me desculpa, moça. Me desculpa por ficar te encarando. Eu juro que não sou uma creepy, nem quero te matar, muito menos quero te apresentar pra algum amigo meu. Eu só te achei muito bonita, de verdade. E que eu, se fosse você, me olharia todos os dias no espelho e diria "eu dou uns caldos, não dou?". Porque miga, você dá. 

BEDA (blog everyday in august) #11


Obs.: Querem me ver falando sobre alguma coisa? Comentem, me deem dicas, sugestões, porque meu d!, preciso de pautas para BEDAR!!!

9 comentários

  1. HAHAHA< ANa, morri de rir! Eu também não sei lidar direito com "pessoas" no geral. Se eu percebo algo em alguém que, de algum modo, me marca, quero ficar olhando pra pessoa toda hora. Muito Creepy.
    Adorei que você também aderiu à ideia de falar de 1001 pessoas - tem 1 ano que to brincando e só fiz 9, maior vexame!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHAHAHA
    Só não rio mais porque eu faço MUITO disso. Tem gente tão linda que eu fico olhando, olhando... Às vezes eu falo pra pessoa: "poxa vida, sem querer te ofender, mas 'cê é muito linda". Eu adoro elogiar pessoas. Mas sempre deixo claro que não é cantada porque VAI QUE a pessoa pense isso, né? Not cool.

    Já pensei em participar desse 1001 pessoas, mas... sempre acho que as pessoas não se interessarão por isso. Bem, um dia eu publico algo.

    Beijo! ;*

    ResponderExcluir
  3. Ai meu deus como eu me identifiquei! Eu encaro as pessoas tão descaradamente que já recebi uns "oi? ta procurando alguma coisa?" e claro, morri de vergonha. Mas no fim eu não me sinto muito mal, porque poxa...as pessoas são muito lindas, eu não consigo não olhar!! E eu tenho muita vontade de ir lá e falar "oi, tu é linda pra caramba". mas aí sim eu vou passar vergonha né? hahaha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkk isso é tão eu!!!
    Quando vejo alguém lindo(a), ou então que parece com alguém eu não consigo parar de olhar, tanto que a pessoa chega a me encarar.kkk
    Adorei aqui
    Quando puder dá uma passadinha no meu blog
    www.falandosobrealgo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Cara, não dá!!! UAHUAHUAHUAHUA Tô rindo muito aqui.
    Confesso que passo por isso direto. Ou melhor. Passo por isso sempre que uma pessoa extremamente bonita passa por mim. Não consigo disfarçar. Fico encarando e pensando exatamente nisso: a vida, ela não é justa.

    -

    Vim aqui rapidinho avisar que te marquei numa TAG lá no blog sobre escrita. O nome é "se eu fosse você" e a ideia é escrever um texto no estilo de algum escritor famoso ou simplesmente de alguém que você admira. Ficarei muito feliz se tu conseguir responder! O link tá aqui, ó.

    ResponderExcluir
  6. Total não sei lidar com gente gata? Encaro muito as pessoas, especialmente pessoas muito bonitas porque né, como a gente lida? Elas deviam vir com um manual ensinando os outros como lidar, porque sério, que difícil, gente. Como se isso não bastasse, eu tenho amigas muito gatas e vira e mexe eu fico encarando elas, encantada com a beleza delas e tudo. Claramente tenho problemas.

    beijo!

    ResponderExcluir
  7. Hahahahha TÃO eu! Mas diferente de você gente muito bonita me desconserta, me intimida, sei lá. Nunca sei como reagir, fico super sem graça e acabo desviando a atenção. Timidez até para stalkiar! heheh

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. HAHAHAHAHAHAHAHA morri, Ana. Confesso que também não sei lidar com gente linda, aliás, como já comentaram, se há algo na pessoa que me chama a atenção, já grudo os olhos sem vergonha na cara. Claro que tento disfarçar UM POUCO, porque eu sei que as pessoas têm tendência a pensar que existe algo de errado nelas, então.. tento ficar de boa, hahahahahaha.
    Adorei esse projeto de 1001 pessoas, vou tentar fazê-lo, pra ajudar o BEDA, hahahaha.
    Beijos!

    ResponderExcluir

© OH SO FANGIRL
Maira Gall