sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Aquece Oscar #3 (extras): Foxcatcher, Gone Girl e Still Alice

Esse aqui, como bem diz o título, é só um extra sincero, que apareceu antes do final das reviews originais porque ainda tô na corrida assistindo os que faltam, e mais curtinho sobre três outros filmes que tão concorrendo ao Oscar.


FOXCATCHER
Bennett Miller
Elenco: Steve Carrel, Mark Ruffalo, Channing Tatum

Indicações: 5
Indicado em:  Steve Carrel - Ator principal (Actor in a Leading Role), Mark Ruffalo - Ator coadjuvante (Actor in a Supporting Role), Direção (Directing), Roteiro Original (Writing - Original Screenplay), Maquiagem e Cabelo (Makeup and Hairstyling)

A sinopse vai até no ctrl+c porque preguiça, viu?
Campeão olímpico de luta greco-romana, Mark Schultz (Channing Tatum) sempre treinou com seu irmão mais velho, David (Mark Ruffalo), que é também uma lenda no esporte. Até que, um dia, recebe um convite para visitar o milionário John du Pont (Steve Carell) em sua mansão. Apaixonado pelo esporte, du Pont oferece a Mark que entre em sua própria equipe, a Foxcatcher, onde teria todas as condições necessárias para se aprimorar. Atraído pelo salário e as condições de vida oferecidas, Mark aceita a proposta e, assim, se muda para uma casa na propriedade do milionário. Aos poucos eles se tornam amigos, mas a difícil personalidade de du Pont faz com que Mark acabe seguindo uma trilha perigosa para um atleta.
Fui pra Londres e junto com Teoria de Tudo e Birdman, Foxcatcher era um dos filmes mais divulgados por lá. Estava super ansiosa pelo filme e esperava algo, com o perdão da palavra, fodido. Assisti o filme e acabei decepcionada. O filme não acabava nunca e se desenvolve numa lentidão insuportável que no final das contas acaba sendo desconfortável. O personagem interpretado com maestria pelo Steve Carrel, John, é fora de si. Não dá pra acreditar que qualquer pessoa se sujeitaria a lidar com um sujeito daquele — não a ponto de aceitar ir morar próximo/junto do cara. O Mark Ruffalo humanizou o filme, mas ficou nisso. Honestamente não achei nada de mais na atuação dele, e o Channing, coitadinho, parecia uma bola de ping-pong entre os dois indicados ao Oscar. O filme é bem menas do que mais, e não indicaria ele não. 

GONE GIRL
David Fincher
Elenco: Rosamund Pike, Ben Affleck, Neil Patrick Harris

Indicações: 1
Indicado em:  Rosamund Pike - Atriz principal (Actress in a Leading Role)

Bom, vocês já devem conhecer ou ter ouvido falar de Gone Girl, né? O hype psycho de 2014. A adaptação que mais fez bagunça e derrubou forninhos em 2014 (2027, e eu ainda não vou ter superado essa expressão). Então vocês sabem que o filme gira em torno do desaparecimento de Amy Dunne, esposa de Nick Dunne, que muito rapidamente vira o principal suspeito da coisa toda. 
Só me obriguei a falar de Gone Girl porque vi muita gente chorando porque ele não foi indicado a melhor filme.

Ano passado eu li o livro mega rápido pra poder assistir Garota Exemplar no cinema. Claro que acabei não assistindo na telona e tive que esperar uma qualidade boa pra assistir na telinha. E eu até gostei do livro. Muita coisa me incomodou, especialmente o final (que até faz sentido, quando você para pra pensar). Mas ainda assim fui com as expectativas altas ver a adaptação feita pelo David Fincher.

E eu acho que foi o filme mais marcante que vi ano passado. Lembro de específicas cenas, e quotes, e passagens. O conjunto é muito marcante, é bom. Mas não acho que seja Oscar material a ponto de ser indicado a melhor filme. Já disse e repito: a melhor coisa desse filme foi sim indicada a melhor filme e ela responde pelo nome de Rosamund Pike. Talvez tenha sido esnobado na categoria adaptação. De qualquer forma, nossa eterna fofa Jane Bennett não tem nada de fofa no papel de Amy, mas com certeza tem de eterna. Ela roubou a cena. O filme é dela, né? Ela ofuscou todo mundo com o talento e a capacidade de entregar uma amazing-maluca sem precedentes. Eu jogaria vários Oscars pra ela só por causa disso, apesar de achar que não vai levar. Indico o filme, mas não achei essa Coca-Cola toda, não.

STILL ALICE
Richard Glatzer, Wash Westmoreland
Elenco: Julianne Moore, Alec Baldwin, Kristen Stewart

Indicações: 1
Indicado em:  Julianne Moore - Atriz principal (Actress in a Leading Role)
Alice, mãezona e professora brilhante de linguística, é diagnosticada com Alzheimer. O assunto? Meio batido. Fiquei sabendo depois que era uma adaptação. Só fui assistir por causa da Juju e: curti.
Still Alice é delicado, cruel e lindo. Aposto muito que a Julianne vai levar o prêmio pra casa porque ela atuou com tudo. Dos cabelos aos pés tu podia ver o sofrimento de ter sua vida fragmentada e levada embora. Porque é isso o que acontece, não é? Somos feitos de memórias. Sem elas, a gente não é nada — ou quase isso.

Quem já lidou com Alzheimer sabe que é uma doença complicada e triste. E não fica melhor não. Então assistir um filme desses foi uma experiência meio amarga. Porque ele é bom (eu, particularmente, gostei bastante), mas é igualmente triste. Ah, e ele também é bem bonitinho. As cenas, cenários, fotografia. Chame do que quiser. É munito. E por hora, era isso. Assistam. 
PS.: Kiki, I love you. <3

2 comentários

  1. Desses três, só assisti Gone Girl e concordo contigo que Rosamund roubou a cena total. Só dava ela! Fiquei meio (??) com o final, porque querendo ou não eu esperava que um dos dois se, perdoe a palavra, fodesse muito e o outro saísse de boa. Mas, né, ficou um final que combinou com todo o resto da obra e eu até gostei, foge do convencional, mas levei um tempo pra digerir tudo.

    Embora não tenha assistido Still Alice, sei que Juju é digna de Oscar e ouvi falar muito bem da interpretação dela, só que, sei lá, na minha singela opinião, agora é hora da Rosamund brilhar.

    Adorei os comentários, como sempre, e eu nem cogitava assistir Foxcatcher, ainda bem que não o fiz. Não sei porque, mas não vou com a cara do Tatum, haha.

    Dá uma olhadinha nas informações do elenco do primeiro filme, Ana, acho que você confundiu com o The Imitation Game.

    Beijoca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Brigada pelo aviso. Eu copiei o modelo e esqueci de mudar os nomes. Classic me. <3

      Também concordo que é hora da Rosamund brilhar, mas aposto que a Juju leva. E nem dá pra ficar muito triste porque ela tá maravilhosa como sempre.

      Beijos!

      Excluir

© OH SO FANGIRL
Maira Gall