quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Mockingjay p.1: FEELS

Vocês conhecem a Janice, né? Então, eu tô que nem ela tentando montar uma linha de raciocínio e tudo o que sai é: OH MY GOD.

Fui assistir a pré-estreia de Mockingjay às 00h01min de hoje. Como toda boa pré-estreia, é claro que deu uma atrasadinha por motivos de: bomboniere lotada. Mas nada impossível de relevar, afinal: MOCKINGJAY!!! PIPOCA!!! COCA-COLA!!! 

Entrei no cinema não querendo saber de trailer. Eu só queria escutar o assovio do tordo e digerir toda a primeira parte da adaptação do (pior, pra mim) livro da trilogia. 

E gente: DSKFHDSKFAIAFKLDSF. 

Eu saí feliz em The Hunger Games. Saí feliz em Catching Fire. E saí feliz em Mockingjay p. 1.

Queria que todas as adaptações fossem que nem essas. Que coisa bem maravilhosa.


A JLaw mais uma vez entregou o papel com maestria. Como sempre. Vocês já sabem. Dei risada dela tentando (e falhando miseravelmente) gravar o vídeo de dentro do Distrito 13. Sofri com ela quase sendo enforcada (que cena conturbada!!!!!!!!). Fiquei empolgada com ela destruindo coisas no Distrito 8. Enfim, acredito que todo mundo no cinema se emocionou de acordo com As Aventuras da Mocinha™.

O Josh Hutcherson ficou quase irreconhecível. Sério, gente. Ele parecia um viciado em crack. All thanks to efeitos visuais, pois esses, meus amigos, são tudo (tá, não tudo. Mas boa parte).  

Não dá pra deixar de falar, também, de Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman (R.I.P.), Sam Claflin (love da minha vida, queridão, coisa linda), Elizabeth Banks (Effie Trinket is better than you), Woody Harrelson, Natalie Dormer (CRESSIDA ♥)... Enfim, todo o cast que foi escolhido a dedo e é extremamente comprometido com o trabalho (a gente sente. A gente). 

As grandes ressalvas que a gente pode fazer pr'A Esperança p. 1 é que esse filme teve muito mais perspectiva que os dois anteriores. Nos anteriores pegávamos relances dos distritos e geralmente da Capitol, mas a maior parte ficava resumida pr'aquilo que acontecia dentro da arena.

Já nesse nós tivemos cenas dignas de forninho caindo (eu ainda não superei essa expressão): ainda tô empolgadíssima com a cena onde destroem a hidrelétrica, e a cena dos árvores/bombardeio. 

Também don't even get me started com as músicas. A transição da Katniss pro povo cantando "are you, are you, coming to the tree" foi espetacular. Chills everywhere. 

As únicas coisas que eu demorei mais pra aceitar foi a peruca da Jennifer, que em nenhum dos outros filmes ela tinha usado. E o Distrito 13, que eu imaginava completamente diferente. Mais branco, mais aberto, menos prisão. Mas até isso dá pra ignorar porque o filme, o pacote completo, foi muito bem entregue. 

Sinto que esse filme teve um apelo mais emocional, e apesar das ótimas cenas de cair o queixo, ele construiu o chão pra tudo o que vai acontecer no próximo. 

E eu juro, juro, juro pra vocês que eu mal posso esperar. 

4 comentários

  1. Vou assistir quinta-feira! To tentando ir sem muita expectativa, já que "A Esperança", dos 3 livros, foi o que menos gostei. Mas depois daquela maravilha que foi o filme de "Em Chamas" (diga-se de passagem, uma das melhores adaptações que já vi no cinema) está difícil de me conter. Vamos ver!!!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Eu fiz o caminho inverso e li os livros depois de ter assistido os filmes, tanto que A Esperança ainda nem li. O final de Em Chamas me deixou sem chão e eu tô até agora pirando pra ver logo A Esperança. Não sei se vou conseguir ler o livro antes e, sinceramente, espero que não, porque só assim eu vou ter a garantia de me jogar na história sem ficar julgando demais. Depois de ter lido, achei as adaptações bem honestas e muito boas, o que raramente acho nesses casos, mas sei lá, né? Não quero correr o risco de achar tudo uma merda agora ):

    beijo!

    ResponderExcluir
  3. Me sinto um alienígena por gostar tanto de A Esperança. Foi o volume que eu mais curti e acho o final absolutamente sensacional. Me recuso a crer que vou ter que esperar mais um ano pela parte 2. Que ideia miserável essa de dividir os filmes. ENFIMMMM.

    Você acredita que eu cheguei a entrar na fila pra comprar o ingresso da pré-estreia e acabei desistindo? Sei lá, pensei que não seria boa ideia ir ver um filme meia noite no começo da semana (pois: idosa) e no fim fiz um bom negócio, porque terça-feira cheguei em casa tão cansada que certamente dormiria na sala de cinema. Mas agora tô frustradíssima porque vou viajar esse fim de semana e só vou conseguir ver o filme, se der sorte, domingo à noite. Amei Em Chamas loucamente e estou morrendo de saudades dessas adaptações maravilhosas!

    beijos

    ResponderExcluir
  4. como bem disse um amigo meu, o resumo desse filme é: cadê mp3 da Katniss cantando pra comprar no iTunes? :P

    PUTAQUEOPARIU que filme foda. que série foda. acho lindo essa consistência toda: com poucos "altos e baixos", a sequência continua se mantendo incrível tanto no papel quanto no cinema, a adaptação é maravilhosa e deixa a gente querendo ver 12810820912 vezes o mesmo filme. AMO. os livros mereciam isso!

    ResponderExcluir

© OH SO FANGIRL
Maira Gall