sábado, 18 de maio de 2013

Season Finales

Era pra ser um post pré-season finales, mas quem disse que eu tive inspiração e tempo o suficiente pra começar e terminar essa postagem? Então, pelo simples motivo da vida se enfiar no meu caminho de pseudo-blogueira (como ela pode fazer isso?!?!), de novo, vou fazer reviews das season finales que assisti no decorrer dessa semana. Até pensei em fazer das season finales que já assisti, as mais antiguinhas, como Vikings, The Following, The Carrie Diaries e por aí vai, mas ehhhhhh nope. Pessoa preguiçosa preguiçando.

H O W   I   M E T   Y O U R   M O T H E R
O que foi aquilo? Depois de oito temporadas esperando saber quem era a mãe, nós finalmente vimos quem ela é! Pra mim, super sem sal em aparência, mas que lembra uma mistura da Robin e da Lily, foi inesperada e de muita boa escolha, afinal, nem sempre as pessoas que vão mudar tua vida são aquelas super lindas, maravilhosas de aparência e tudo o mais (feito algumas das ex-namoradas do Mosby) e sim alguém aparentemente normal. Não dava pra conter a ansiedade durante todo o episódio porque eu não via a hora de conhecer a mulher do overly attached do Ted. O pior é que eu realmente esperava que eles fossem se conhecer e interagir, mas nada disso aconteceu. E eu li (aqui, pra ser exata) que a nona temporada vai se prolongar durante as 56 horas antes do casamento da Robin e do Barney, que por sinal, ficou super sem sentido ela estar toda amores com o Barney depois da crise existencial que ela teve no episódio anterior junto ao Ted. De qualquer forma, não consigo imaginar algo mais desesperador que uma temporada inteira dividida num período de nem três dias. Agora é esperar que isso seja boato e preparar o coração pra dizer um adeus definitivo pro nosso quinteto favorito. 

9 0 2 1 0
Comecei a dar adeus pr'algumas séries que acompanhei desde o primeiro dia. Esse foi o caso de 90210 e sua series finale nessa semana. Durante mais de cinco anos assisti essa série, que vamos ser sinceros, teve muitos momentos baixos e no geral era só... ruim. E agora, no final, sempre bate aquela dorzinha no coração, mesmo que tu estivesse louca pra se livrar desse peso quase semanal. E pra um final, não poderia imaginar algo mais sem noção. Não lembro da última vez que vi Annie e Liam juntos, então foi extremamente forçado nos últimos três ou quatro episódios antes do final todos os amigos e basicamente todas as pessoas começarem a torcer pros dois serem ~endgames~. Adrianna e Navid foi outra bomba. Amorzinho de ensino médio voltando a ficar junto no final da série. Que típico. E forçado, novamente. E as finalizações param por aí, porque qual foi o final que o Dixon, a Silver e a Naomi tiveram? Dixon ficou lá, sem final, dando apoio moral pra Silver que descobriu que tinha câncer (e cadê emoção???) e estava querendo se matar. Depois de uma temporada inteira  num vai-e-vem pra ter um bebê, que no final, nem deu certo, a personagem ficou totalmente sem closure ou desenvolvimento. Pra mim, isso foi o pior, pois a Silver era uma das minhas personagens favoritas no início de 90210. E a Naomi, meu Deus? Ela estava carregando a série nas costas e nem pra ter um final decente, nem pro Max voltar, nem pra nada ela serviu nesse series finale. Lástima. No final das contas, foi bom um final meia boca pra me fazer lembrar que eu ganho mais parando de assistir série ruim do que insistir em série ruim, mesmo que desapegar dessas séries seja difícil. 

N E W    G I R L
Perfeita. Acho que me arrisco a dizer que foi a melhor season finale que assisti. Deu pra rir e pra chorar. A gente viu nosso ship escorregando pelos nossos dedos e logo depois vimos eles querendo que isso não acontecesse. Todos os personagens são demais. Eu tive um ataque histérico quando vi a Jess e o Nick caindo do telhado e o texugo caindo logo atrás (vocês não tão imaginando no nível na coisa, mas eu achei muito engraçado ok). Tive outros mil ataques também: o Winston chamando a ambulância na maior calma; o Schmidt correndo com uma mão na frente e outra atrás com medo de enfrentar a escolha que ele deveria ter feito; what the fuck a Taylor monga Swift tava fazendo lá??? Ri demais da sem-noçãozice dos dois saindo do casamento; e, finalmente, meu coração derreteu de amô da Jess não querendo que eles "terminassem" o que eles não tinham. Não dá pra não sentir o coração apertando quando tu vê a carinha da Jess com aqueles olhos enormes se enchendo de lágrimas. Só queria juntar eles dois numa foto e colocar uma plaquinha de "secretly married!!!" em cima.

T H E  V A M P I R E  D I A R I E S
Inesperada. Eu fiz de tudo pra evitar os spoilers pois só iria conseguir assistir o episódio um dia depois dele ter ido ao ar nos EUA. Felizmente, fui assisti-lo em spoiler free mode e tudo aquilo me pegou de surpresa! A Julie Plec, com quem eu tenho uma relação de amor-e-ódio-mas-mais-ódio, conseguiu fazer um season finale digno depois da uma temporada levada nas coxas. Então vamos lá pras considerações pessoais: Rabekah/Matt, finalmente!!! Acho que o Matt traz o melhor que existe na Rebekah, e a gente sabe que ele já sofreu o suficiente, então espero que ele consiga se divertir e ficar bem por um tempo; A morte da Bonnie: eita guria chata, eu já estava saturada da personagem e espero que ela não apareça por um bom tempo, e sinceramente, não reclamaria se o Jeremy não tivesse voltado à vida e ficasse lá do outro lado com a bRuXiNhA, mas não se pode ter tudo; Meu coração derreteu d-e-m-a-i-s com Caroline/Klaus, esperei tanto tempo por eles junto e isso não vai acontecer, ao menos não em TVD, então espero no fundo do coração que a Caroline termine com o Tyler em algum momento das próximas temporadas e se mande pra New Orleans/The Originals e dê um pouco de alivio pros shippers desse ship que quase afundou; Stefan-Silas ou Silas-Stefan, pra mim, foi uma reviravolta e tanto mas que eu não gostei nadinha pelo simples fato de: não aguentar o Stefan sendo ele mesmo então imagina aguentar um imortal maluco sendo ele?!; Katherine + a cura: what the hell! Não esperava por isso, fiquei super desacreditada! A vampirebitch vai ser só bitch agora. Tô pra crer que ela não vai deixar barato pra Elena, e espero mais interação (brigas) entre as duas na quinta temporada; e por último, mas não menos importante, Delena! Dei pulinhos mentais de felicidade ao ver os dois juntos, sem aquela bobagem de sirebond no meio. Depois de quase 22 episódios lidando com essa porcaria, nós finalmente voltamos pro love-love original que eles obviamente já estavam tendo no final da terceira temporada. Agora é esperar e que venha a próxima!


G R E Y ' S  A N A T O M Y
Foi quase um shipland de season finale. Conseguiu me prender do começo ao fim, mas sinto que ficou algo faltando e eu não sei dizer o quê. De qualquer maneira, eu espero que aquele final macabro, aquele final no último minuto da série, não seja pra valer. Por isso espero que ela corrija aquilo no primeiro episódio da décima temporada. Ela não pode ter matado outra pessoa naquele hospital. Recuso-me a acreditar na possibilidade. Espero que o Richard tenha só fritado um pouco com o choque e que ele volte à vida (que ele ainda obviamente necessariamente tem de ter!) no início da próxima temporada. Gostei muito de ver a Jo/Alex acontecendo. Espero tanto, mais tanto, que isso dê certo pro Alex porque ele é de toda certeza o personagem que mais sofreu durante essas nove temporadas. Nada deu certo pra ele, não romanticamente. E eu realmente gosto da Jo, e foi lindinho demais o sorriso que ela abriu quando ele disse que a amava. Meredith/Derek é o ultimate ship. Não consigo imaginar nada de ruim acontecendo com eles, ainda mais agora, que eles vão estar com essa família linda. No começo do episódio fiquei com medo que algo acontecesse com a Meredith ou o bebê, mas ainda bem que não foi dessa vez. Não fiquei triste pelo término da Cristina e do Owen pois eles já estavam na corda bamba havia um tempo, especialmente depois do gurizinho que o Teddy queria adotar, então acredito que isso foi bom pros dois. Quase tive um ataque com a Kepner e o Jackson, e acredito que eles ainda fiquem juntos porque é óbvio que eles querem isso (ao menos, eu espero que seja, porque não dá pra ter certeza uma vez que o Jackson é o personagem mais mal desenvolvido pela Shonda no seriado). Foi bom demais ver a Bailey voltar ao normal, e foi muito bonitinho o abraço de agradecimento do Derek pra ela. Arizona/Callie: shit. Compreendo a Arizona sair fora dos trilhos um pouco, afinal, aquela Lauren era linda demais... Brincadeira. E brincadeiras a parte, a Callie passou pelo inferno com a Arizona e sempre tratou ela bem, porém não vejo como elas poderiam resolver isso uma vez que a Arizona, mesmo que errada mas compreensivelmente errada, culpa a Callie por ter perdido a sua perna. Era perder a vida ou a perna e a Callie fez o que qualquer outra pessoa faria. E talvez acredito que elas até estariam bem se a médica por quem a amputação foi ordenada não fosse a Callie. Mas não é assim que as coisas são. E agora a gente vai ter que ver a Torres sofrer, de novo, por outra traição depois de casada. Tiro o chapéu pra Shonda nessa temporada. Achei a temporada muito bem feita e espero que mantenha o nível na próxima. Mal posso esperar por começar a décima (d-é-c-i-m-a) temporada desse seriado que eu amo tanto.

Então, ficou assim, pra mim, a ordem de melhor final de temporada: New Girl, The Vampire Diaries, Grey's Anatomy, How I Met Your Mother e, por último, 90210.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© OH SO FANGIRL
Maira Gall